Confira 6 dicas para planejar e concluir uma reforma

Confira 6 dicas para planejar e concluir uma reforma

Planejar reforma é igual a uma festa de aniversário ou um casamento: dá muito trabalho. E se tivéssemos que resumir esse período em três palavras elas seriam paciência, disciplina e vantagem. Sim, vantagem! O que pode parecer muito difícil, uma reforma em seu imóvel pode ser algo muito proveitoso e ainda deixar tudo sobre controle.

Mas para que tudo isso realmente seja uma vantagem, é necessário seguir algumas orientações que lhe ajudam a ter total autonomia no trabalho. Seja na hora de comprar materiais ou verificar adequações, planejar reforma pode ser tranquilo ao obedecer medidas necessárias.

Se você ainda possui dúvidas por onde começar, preste atenção nessas dicas para planejar reforma. Elas se tornam um verdadeiro auxílio nessa situação.

1. Crie seu orçamento

planejar reformaMuita gente se confunde na hora de realizar a reforma porque não possuem o hábito de passar tudo para o papel. Crie uma estrutura identificando os gastos dos materiais, contratação de mão-de-obra e quanto será gasto num intervalo de tempo acessível.

Ao montar esse orçamento você verá com mais nitidez o quanto deverá ser gasto e como ser gasto. Embora o orçamento seja para prevenir problemas, o momento de planejar reforma deve ser preparado também se ocorrer algum descuido. Ao organizar todas as despesas equilibradas com o tempo da obra, ficará mais fácil de manter tudo em ordem e sem ter nenhum alarde.

2. Preços. Avalie todos eles.

Quando se fala em preço, o cuidado precisa ser bem específico. Tanto pelo tipo de material que será comprado, como também por cada etapa da reforma. Por exemplo, a fase de acabamento costuma ser uma etapa mais cara do que as outras.

Veja também: [ 7 Canais do YouTube com dicas de construção e reforma para você se inspirar ]

Ao planejar reforma, avalie cada preço e não se iluda por um material ser muito barato ou muito caro ao trabalhar com qualidade. A questão dos preços está muito relacionada também aos detalhes e especificações do produto, matéria-prima, tipo de peça, medições e outras informações importantes. Saiba equilibrar de modo que eles não sejam um peso no seu bolso.

3. Monte um cronograma

Você precisa ter noção do início, meio e fim da reforma. Para isso, é necessário um roteiro para se guiar e esse roteiro é um cronograma. O fato de gerenciar uma reforma não se resume somente a compra de materiais e a contratação de técnicos para realizá-la. Vai muito também do modo de como você está familiarizado com tudo o que está acontecendo.

Monte um cronograma e fique por dentro de todos os detalhes que ocorrem durante esse período. Demolições, assentamentos, pinturas, instalações, tudo precisa estar descrito no cronograma. Assim você tem maior vislumbre e controle da situação.

4. Se não sabe o que fazer, converse com um profissional

É uma das melhores dicas para planejar reforma. Se você não sabe como fazer, converse com quem já tem experiência. Tanto para saber organizar as etapas da reforma como também para descobrir ideias, um profissional pode ser útil para lhe dar sugestões mais práticas para o ambiente.

Além de benéfico, ele também pode lhe ajudar a indicar boas opções de materiais, técnicos, recursos e outras variáveis para lhe ajudar. É preciso buscar qualquer tipo de ajuda pertinente.

5. Seja obediente aos prazos.

Se você já fez o cronograma, é mais do que importante seguir tudo o que está lá. É fundamental! O fato de obedecer os prazos lhe prepara tanto para as adversidades que podem surgir quanto nas viabilidades que podem ser feitas. É normal que seja difícil seguir alguns prazos estabelecidos, mas ao pôr foco no cumprimento das datas, você pode administrar com mais eficácia algum problema a ser resolvido.

Avarias de produtos, entregas atrasadas, falta de material e outras questões são bem mais resolvidas quando se tem disciplina.

6. Esteja ciente da bagunça e dos transtornos

Bom, reforma dá trabalho e esse trabalho resulta em bagunça. Não fique se preocupando quanto a barulhos, quebra-quebras e batuques. Isso é normal de acontecer. Mas pense em estratégias para que você não se sinta prejudicado no momento da reforma.

Poeira, volumes grandes, barulhos e falta de espaço não se tornam um problema quando sua preparação começa antes da reforma. Por isso, esteja ciente de tudo e pense nas prevenções.

Essas dicas para planejar reforma podem ser administradas à sua maneira. O importante é que quanto mais diligência e disciplina se tiver, melhor esse período será aproveitado.

Outras Publicações

×