Entenda a diferença entre cerâmica e porcelanato

Entenda a diferença entre cerâmica e porcelanato

Construir ou reformar são tarefas que, apesar de muito prazerosas, depois de prontas, envolvem muito trabalho, sujeira e uma série de decisões que têm de ser tomadas para garantir um bom resultado final que realmente se adéque ao gosto dos habitantes ou ocupantes (em casos de instalações comerciais) e que sejam funcionais.

Além disso, é necessário levar em conta o tipo de decoração que o ambiente pede, pois realizar o acabamento de uma cozinha é diferente de fazer o acabamento de uma sala ou um quarto, já que são ambientes diferenciados, e que exigem o emprego de materiais adequados para suas finalidades. E quando falamos de revestimentos utilizados no acabamento de cada cômodo, as dúvidas são muitas.

[ Leia também: 7 Canais do YouTube com dicas de construção e reforma para você se inspirar]

Dentre essas dúvidas, uma das que mais causa confusão e que deve ser muito bem pensada, devido ao alto custo que envolve, reside na diferença entre cerâmica e porcelanato. Apesar de serem materiais com estéticas similares, há inúmeras particularidades que distinguem um do outro. Para acabar com suas dúvidas de uma vez por todas, na sequência será explorada a diferença entre cerâmica e porcelanato. Vamos lá?

Matéria-prima e processo de fabricação

 diferença entre cerâmica e porcelanato
A principal diferença entre cerâmica e porcelanato reside nos materiais que são utilizados em sua fabricação e no processo de fabricação em si de cada um deles. A cerâmica tem em sua composição uma grande quantidade de argila acrescida de outros minerais. Sua queima geralmente é realizada a 1.150 °C, o que lhe confere maior porosidade e maior absorção de água (apesar de haver tipos de cerâmica específicos para uso em áreas molhadas).

Por sua vez, o porcelanato é produzido predominantemente a partir, como o próprio nome já indica, da porcelana, que apesar de também ser proveniente da argila, passa por processos mais elaborados como a vitrificação, e por isso trata-se de um material de natureza mais nobre. O processo de fabricação deste tipo de revestimento é feito pela queima em temperaturas mais elevadas, em torno de 1.200 °C, o que lhe confere menos porosidade e maior resistência à absorção de água.

Estética

Outra importante diferença entre cerâmica e porcelanato reside na aparência que possuem. É consenso entre arquitetos e decoradores que a cerâmica possui um efeito estético mais interessante em relação ao porcelanato, uma vez que, com ela é possível obter resultados mais interessantes devido aos diversos tipos de acabamentos que podem ter, em especial aqueles mais rústicos.

No entanto, não existe uma regra em termos de estética, pois tudo dependerá das características do tipo de revestimento, do ambiente em que são aplicados e mesmo da forma em que são aplicados, já que rejunte, cera, padrão da peça e tamanho influem no resultado final.

Durabilidade

Vale frisar que, mais uma vez, a resistência do material será determinada pelo tipo de aplicação que recebe e o tipo de ambiente em que será instalado. No entanto, quando levamos em conta a diferença entre cerâmica e porcelanato em termos de resistência, a balança tende para este último. Conforme dito, por ser menos poroso devido ao seu processo de fabricação, o porcelanato é mais resistente que a cerâmica, podendo ser utilizado com tranquilidade em áreas molhadas e com intenso tráfego de pessoas. Já a cerâmica é menos resistente devido à porosidade que apresenta em sua superfície.

Versatilidade

Apesar de existirem diferenças entre cerâmica e porcelanato em termos de versatilidade, não podemos indicar qual das opções é melhor, uma vez que isso reduziria muito as características e benefícios de cada um.

De maneira geral, existem diversos tipos de cerâmicas e porcelanatos. Como exemplo do primeiro tipo, podemos citar a cerâmica esmaltada, que possui um belo efeito estético, a monoporosa e as pastilhas, ambas com utilização recomendada para fachadas e áreas molhadas.

Em termos de porcelanato existem o esmaltado, de fácil limpeza, o polido, com efeito brilhante, e o natural, bastante resistente à abrasão e produtos químicos.

Dessa maneira, depois de tudo o que foi dito, podemos afirmar, que apesar de existir diferença entre cerâmica e porcelanato, a escolha de um ou outro deve ser feita levando em conta as características do material em comparação com necessidades do ambiente. Somente desta maneira é possível chegar à escolha da melhor opção.

Quer saber mais sobre o assunto ou ficou com alguma dúvida?  [ Clique aqui ] e tire todas as suas dúvidas

Outras Publicações

Churrasqueira Pré-moldada Concrenorte

CHURRASQUEIRA PRÉ-MOLDADA

Manual Gratuito da Churrasqueira Pré-Moldada Concrenorte

CURRAL PRÉ-MOLDADO

Guia Gratuito do Curral Pré-Moldado Funcional Concrenorte

ESTRUTURAS PRÉ-MOLDADAS

Guia Gratuito Estruturas Pré-Moldadas Concrenorte

e-book pisos intertravados - Concrenorte Pré-Moldados

PISO INTERTRAVADO

Guia Gratuito e Completo do Piso Intertravado Concrenorte