Entenda tudo sobre o gado Nelore

A raça de Gado Nelore é a mais popular no Brasil. Saiba os motivos desse sucesso com a nossa matéria de hoje sobre o assunto! Veja!

Atualmente, cerca de 80% da produção de carne do país vem da raça Nelore. Nesse sentido, o Tocantins é uma das referências nacionais na produção de carne bovina e, consequentemente, da criação desse bovino.

Pensando em auxiliar nossos leitores criadores deste gado ou até mesmo aqueles que sonham em ter um rebanho para chamar de seu, separamos algumas curiosidades sobre essa raça para você.

Portanto, veja no post as principais características deste animal, sua origem e confira algumas dicas sobre a criação do Nelore. Tenha uma excelente leitura e compartilhe essa matéria com os seus amigos que também gostam desse tipo de conteúdo!

Origem

A raça de Gado Nelore provém da raça Ongole, que é de origem indiana. Esse gado costuma ter pelagem branca e a pele preta.

Ademais, tem como forte característica uma grande resistência ao calor. Por isso, acabou se adaptando bem nas terras brasileiras. 

Sob o mesmo ponto de vista, uma grande curiosidade é que, embora pareça ser uma raça “nova”, ela existe desde os tempos antigos. Segundo algumas pesquisas, esse bovino já existia bem antes do nascimento de Cristo. 

Entretanto, esse gado foi trazido para o Brasil no final do século XVIII. Nesse sentido, como o nosso pasto é fértil e a raça Nelore possui uma incrível capacidade de resistência, acabou se tornando o gado de corte mais comum do país.

Além disso, os criadores consideram esse gado um verdadeiro patrimônio nacional, pois ele corresponde a boa parte da nossa importação de carne para mais de 140 países.

Entenda tudo sobre o gado Nelore

Popularidade

Atualmente, estimamos que mais de 80% do rebanho total do Brasil é de origem Nelore. Isso se deve ao fato de que a raça é perfeita para o corte, além de servir como base para o cruzamento de gados. 

Assim sendo, o  Gado Nelore possui uma capacidade de sobrevivência superior à de muitas outras raças. Ademais, por se adaptar bem às mudanças climáticas, consegue se manter vivo e saudável mesmo em tempos difíceis. 

Em resumo, não é difícil perceber o quão importante esse gado se tornou para a agropecuária do nosso país, não é mesmo?

Produção de leite

Ao contrário do que muitos podem pensar, existe um cruzamento dos Nelore que servem para a produção de leite. 

Desse modo, tais animais são conhecidos como Nelore Golias e chegam a produzir um leite com 35% a mais de proteína massiva do que as raças Girolando e Holandês. 

No entanto, os Nelore ainda não são a raça mais indicada para produção extensiva de leite. Dessa forma, as outras duas raças que citamos acima, são muito mais propícias para essa finalidade. 

Então, se a sua intenção for produzir leite, talvez os Nelore não seja a opção mais lucrativa. Todavia, se você deseja ter um bom rebanho (ainda que pequeno) para o corte, esse bovino é, sem dúvidas, uma excelente opção!

Dicas para manter o seu Gado Nelore com muita saúde!

Ao passo que você conheceu um pouquinho sobre a história do Nelore, separamos algumas dicas simples e super práticas para te ajudar a manter a saúde do seu rebanho.

Assim, você saberá como manter a saúde dos bovinos, bem como, compreenderá melhor como deve ser feito o manejo desta gado. Vamos conferir essas dicas abaixo, veja:

  1. Pasto de qualidade

Antes de mais nada, saiba que reservar pastos de boa qualidade é essencial para manter a saúde dos animais. 

Assim sendo, a boa prática de manejo é primordial para que os bovinos tenham um bom ciclo de alimentação e, como consequência, de desenvolvimento. 

1. Vacinação

As vacinas mais populares para os gados de corte são as seguintes:

  • Brucelose (infecção bacteriana);
  • Raiva;
  • Aftosa. 

A vacinação varia de acordo com o sexo e idade dos animais. Então, é sempre bom seguir à risca as recomendações do veterinário. 

Nesse sentido, a vacinação não é algo que você deva negligenciar ou “deixar para depois”. Desse modo, não esqueça de procurar um bom profissional para te auxiliar nisso, combinado?

2. Boa hidratação

Você sabia que o gado de corte ingere, em média, 50 litros de água por dia? Assim, caso não ocorra uma boa hidratação o animal pode desidratar e com o passar dos dias perder peso.

Isso, claramente, não é algo que o produtor quer, certo? 

Hoje, já se sabe que não é bom dar água de lagos e córregos para o rebanho, pois a água pode estar suja e contaminada, além de toda a questão ambiental. 

Desse modo, uma boa solução para esse problema é a instalação apropriada de bebedouros na proporção ideal para seus animais. 

Nesse sentido, os bebedouros de concreto são os mais indicados. Pois não acumulam bactérias, exigem pouquíssimas manutenções e não se deterioram com facilidade. 

3. Curral adequado

O curral não é só um local onde o rebanho descansa. Atualmente, o mercado oferece inúmeros modelos de curral para bovinos de acordo com a necessidade do produtor. 

Assim, os currais são necessários para melhorar o manejo do gado, além de oferecer toda a segurança de que precisam. 

Vale a pena ressaltar, que os animais tendem a ficar estressados e ansiosos quando estão confinados. 

Nesse sentido, já existem tipos de currais antiestresse para aliviar a tensão acumulada. Sem sombra de dúvidas, os melhores currais apresentados no mercado, são do de concreto pré-moldado. 

Eles são feitos a partir de um projeto específico e têm fabricação de acordo com a necessidade de cada fazenda, bem como, de cada rebanho. 

É importante lembrar que os currais tradicionais, feitos de madeira, além de demandarem inúmeras manutenções, podem machucar os bichos por se deteriorarem com facilidade, o que não acontece com os de concreto.

Quero muito criar esse bovino. Como fazer isso?

Se você deseja ter um rebanho, saiba que é necessário levar algumas coisas em consideração antes de começar essa empreitada. Nesse sentido, indicamos que você pense nos seguintes aspectos antes de adquirir as primeiras cabeças de Nelore:

  • Qualidade dos pastos que possui e fertilidade do solo;
  • Bem como, avalie se você possui mão-de-obra adequada para te ajudar na criação e manejo dos animais;
  • Ademais, é primordial contar com a tecnologia para te ajudar no dia-a-dia com os bovinos. Como por exemplo: ter balanças modernas, equipamentos, etc.
  • Salientamos que quanto menor for o espaço para a criação, maior será a necessidade de ter um curral antiestresse e suplementos para a alimentação adequada dos animais.

Conclusão

Por fim, saiba que o Nelore domina o mercado de gado de corte há décadas e, dificilmente, alguma outra raça tomará o lugar dele. 

Se você seguir essas dicas básicas e certeiras que oferecemos no post de hoje, com certeza terá um rebanho saudável e agradável. 

Curtiu conhecer mais sobre o Gado Nelore? Você já procurou saber detalhes sobre o concreto pré-moldado e os inúmeros benefícios dele para a sua fazenda? 

Venha conversar conosco através do chat de atendimento, será um grande prazer te ajudar nessa jornada de descoberta!

Outras Publicações

×