Mulheres na Construção Civil: Nomes importantes na história da construção civil

Embora a história da construção civil seja marcada por grandes nomes que contribuíram para o desenvolvimento de diversas áreas, desde a arquitetura até a engenharia, a presença feminina nesse campo é ainda muito limitada.

De acordo com um estudo realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), as mulheres representam apenas 10% dos profissionais da construção civil no Brasil. 

Apesar disso, ao longo dos anos, diversas mulheres têm deixado sua marca na construção civil, provando que a igualdade de gênero é fundamental para o progresso da sociedade.

A seguir, apresentamos algumas das mulheres mais importantes na história da construção civil e uma sugestão de documentário perfeito para entender mais sobre o assunto.

Conheça as mulheres que fizeram história na construção civil

A pioneira que abriu caminho para outras mulheres


Imagem Via Wikipedia

 Carmem Portinho foi a primeira mulher a se formar em engenharia civil no Brasil, em 1936. Com uma carreira brilhante e foi responsável por importantes projetos de construção. Conheça mais sobre a trajetória dessa pioneira na construção civil.

Arquiteta que deixou um legado na arquitetura brasileira


Imagem via:  Casa Cor

Lina Bo Bardi foi uma arquiteta italiana naturalizada brasileira que deixou um legado na arquitetura brasileira. Ela foi responsável pela criação de projetos icônicos, como o MASP e o Sesc Pompeia. Saiba mais sobre essa grande profissional.


imagem via:  unifei.edu.br

A primeira mulher negra engenheira

Nascida da união entre um lavrador e uma empregada doméstica, Enedina Alves Marques conquistou o título de pioneira como a primeira engenheira negra do Brasil. Sua formatura em engenharia civil ocorreu em 1945 na Universidade Federal do Paraná (UFPR), situada em Curitiba.

Imagem via: Wikipedia 

Pioneira na Ponte do Brooklyn

Atuando como intermediária e supervisora após seu marido adoecer, Emily Warren Roebling estudou engenharia e matemática, coordenando efetivamente a equipe de construção e seu marido, mantendo o projeto da ponte do Brooklyn sozinha. 

Desafios e conquistas das mulheres na construção civil

Apesar das conquistas das mulheres na construção civil, ainda há muitos desafios a serem enfrentados, como a discriminação de gênero e a falta de oportunidades para mulheres em cargos de liderança.

Outras Publicações

×