4 dicas para usar cimento queimado na decoração

4 dicas para usar cimento queimado na decoração

As tendências de decoração, assim como as tendências de moda, são constantemente revistas para que possam fornecer novas e atuais releituras. Em grande medida, pode-se dizer que todos os setores cujas tendências são partes significativas isso ocorre. Assim, essa reciclagem de tendências é válida para a pintura, a moda, a escultura e, claro, a decoração.

Nesta última área, um bom exemplo se encontra no piso vermelhão. Bastante comum em casas do interior e sítios antigos, o vermelhão é um piso bem-acabado, com acabamento brilhante, feito a base de cimento queimado, feito com argamassa, cimento, areia, água e uma camada de pó de cimento, aplicada na superfície da argamassa.

Hoje em dia o cimento queimado está em alta tanto em construções residenciais quanto em comerciais e industriais, dando um ar urbano e cool aos ambientes em que é aplicado, e mantendo pouca semelhança com sua origem, o vermelhão, especialmente porque se faz presente em cinza, cor crua característica do cimento.

Para que você não fique de fora dessa tendência, na sequência serão dadas 4 dicas de como utilizar o cimento queimado na decoração de sua casa ou empresa. Assim, você conseguirá retirar o máximo em estética e funcionalidade que este despojado material pode oferecer.

cimento queimadoPiso: entre o rústico e contemporâneo

Uma das facetas mais interessantes do cimento queimado consiste na união inusitada, mas totalmente certeira de um ar mais rústico com um toque contemporâneo, e esse efeito é dado principalmente quando o material é utilizado como revestimento do chão.

Para obter esse efeito em seu ambiente, é necessário combinar o cinza claro característico do material com cores claras, a exemplo de paredes cor de gelo e mobília em tons brancos ou cinza claro. Para arrematar, utilize alguns móveis em vidro ou acrílico, como mesas de centro e mesas de jantar, pois além de destacarem o piso dão um ar mais contemporâneo ao ambiente.

 

Teto: ar industrial

Um dos usos mais comuns do cimento queimado é para a obtenção de ambientes com ar industrial, algo cada vez mais comum e desejados em grandes centros urbanos e que são limita aos jovens como se poderia pensar.

Para obtenção desse efeito, além de utilizar o material no teto, ele deve ser combinado com elementos de decoração que remetam a fabricas, como pendentes sem cúpula, fiação em conduletes pretos aparentes e tomadas com espelho de metal e não embutidas na parede. Como complemento, pode-se usar mobílias mais clean, como sofás de couro preto com ângulos mais retos.

 

Banheiro: descolado

Ao contrário do que muitos pensam, o cimento queimado pode ser utilizado em áreas molhadas como o banheiro. Nesses casos, a única recomendação é que não o utilize dentro do box pois devido a cera que recebe como acabamento, pode ficar escorregadio e oferecer riscos, especialmente a crianças e idosos.

Veja Também[ Confira as 5 principais opções de laje protendida]

Em tais ambientes, seu principal uso está no revestimento de paredes e como material base de cubas. Para que funcione, deve ser combinado com cores claras, a exemplo de azulejos brancos e vidro, pois no banheiro a luminosidade e a sensação de leveza são extremamente importantes e devem ser preservadas.

 

Vasos de plantas: delicadeza e força

Um uso cada vez mais comum do cimento queimado se encontra na confecção de vasos de plantas, que inclusive podem ser feitos por você mesmo. Isso porque existe uma faceta muito funcional do material nesse caso: por se tratar de um material poroso, ele permite que a água escoe na quantidade e velocidade adequada, beneficiando a nutrição e crescimento das plantas.

Pelo lado estético, também possui um apelo muito forte, pois além de harmonizar muito bem com decorações mais contemporâneas e clean, presentes em uma quantidade de ambientes cada vez maior, eles revelam um contraste que resume a vida nas cidades: o natural e o urbano, a delicadeza necessária para lidar com outras pessoas e a força necessária para sobreviver em ambientes extremamente competitivos.

Dessa forma, mesmo que o cimento queimado consista em um material que requer alguns cuidados para sua limpeza e manutenção, é inegável que trata-se de um material extremamente versátil, que pode ser utilizado nos mais diversos ambientes e, com um pouco de criatividade, pode ser adaptável ao mais diferentes gostos em decoração. O segredo é entender as necessidades funcionais do ambiente e o que condiz com o senso estético dos habitantes.

Outras Publicações

×