Confira as 5 principais opções de laje protendida

Confira as 5 principais opções de laje protendida

Cada vez mais a preocupação com menos gastos e maior custo benefício em projetos arquitetônicos fica evidente nos planejamentos de profissionais da construção civil. Ter diversas opções de laje protendida é um exemplo disso, já que nessa estrutura a quantidade de vigas ou pilares para sustentar um piso é menor e proporciona maior aproveitamento de espaço no ambiente.

Esse tipo de laje está posicionada em T invertido e necessita de materiais mais resistentes e qualificados para garantir engenharia estrutural bem montada. Mas não pense que isso já é sinônimo de gasto, pois as armaduras, tensões de tração e cordoalhas usadas para absorver o peso do concreto usado na laje são materiais que saem mais em conta do que a compra de vigas ou construir pilares.

Outra vantagem é que esse modelo é bem flexível. Existem algumas opções de laje protendida que podem se adaptar facilmente ao modelo arquitetônico desejado. Cada um possui sua característica e uma forma específica para ser montada, mas o objetivo principal é justamente o mesmo. Dos mais variados, existem cincos opções de laje protendida principais.

opções de laje protendidaOpção nervurada

O tipo nervurado usa cordoalhas engraxadas para sustentar o concreto. Porém, as nervuras recebem cabos em seu interior para garantir que a protensão desses cabos seja aperfeiçoada mesmo que a laje já seja concretada antes do processo. Há dois tipos: o modelo convencional utiliza as cordoalhas com as nervuras com cabos. Já o outro modelo utiliza capitéis que ajudam as nervuras a serem fixadas nos pilares (caso o projeto necessite a construção deles).

 

Opção Steel Deck

Das opções de laje protendida, o modelo de Steel Deck é o mais novo, e já é um formato vendido propriamente para quem adere ao uso de laje protendida no projeto. Steel Deck é um tipo de aço próprio para o serviço e que é feito após a laje ser concretada. As cordoalhas engraxadas ajudam na protensão e o aço pode ajudar tanto na resistência do concreto como também na absorção da carga sob os materiais utilizados.

Um detalhe é que o modelo Steel Deck pode ser estruturado com outro modelo de laje protendida dependendo da necessidade do projeto arquitetônico. Shoppings e centros comerciais modernos que não possuem a tendência de se verticalizarem adotam bastante esse método.

 

Opção treliçada

Hospitais, galerias e escolas utilizam muito a opção treliçada porque ela oferece um maior vão no pavimento. É chamada de treliçada justamente porque os fios de aço usados formam as treliças para firmar a concretagem da laje. Não é o modelo mais barato para compra, mas é um dos mais utilizados justamente porque as engenharias modernas têm requisitado maior abertura em seus interiores.

Veja Também [Laje protendida: conheça essa opção ]

Mas, de todas as opções de laje protendida, o modelo treliçado é o mais rápido de se montar. Os fios são mais aderentes e podem ser associados a um controle de flechas na laje que evitam o surgimento de fissuras e outras deteriorações.

 

Opção maciça

É o modelo mais comum. As cordoalhas maciças são usadas em concretos que medem 16 centímetros de espessura (ou mais) e cabos são utilizados para sustentar o peso da laje. Esses cabos são traçados e se o peso do concreto for ainda mais pesado, a equipe de obras poderá usar capitéis para reforço.

Se os cabos forem traçados de maneira errada é bem mais provável que a edificação apresente desequilíbrio nos pavimentos e facilmente ocorrem fissuras ou rachaduras em diversos pontos da laje.

Opção alveolar

Assim como o modelo Steel Deck, a opção alveolar também já é um modelo pronto. Alvéolos são postos em painéis de concreto, que também já fazem o trabalho de protensão na própria laje. Essa protensão é feita com os fios de aço, assim como ocorre no modelo treliçado. A diferença é que são necessários mais fios na opção treliçada do que na alveolar, uma vez que os painéis de concreto conseguem absorver mais tração de força. Porém, não mascaram a eficácia da opção treliçada.

Indústrias e edificações que apresentam grandes cargas em seu interior utilizam muito o modelo alveolar por apresentar a melhor relação custo-benefício em suas construções.

Embora se fale que as opções de laje protendida sejam muito usadas em grandes construções, esses modelos também podem ser feitos em projetos pequenos. Basta projetá-los de acordo com o planejamento feito e escolher o melhor modelo para seu trabalho.

Outras Publicações

×