Cura do concreto: descubra o que é e como fazer

 

O produto de um projeto de engenharia é consequência do nível de detalhamento no planejamento e do rigor na execução.

Falar em rigor na execução implica chamar atenção para o cumprimento de todas as normas e cuidado extremo com os detalhes. Um simples deslize pode comprometer o resultado em diversas frentes.

Entre os muitos cuidados indispensáveis na execução de uma obra está a cura do concreto, requisito fundamental para garantir a qualidade das estruturas, que consiste, entre outros fatores, da correta presença dos diversos elementos integrantes do material. No caso da cura do concreto, o que está em questão é a presença da água na composição desse material, condição essencial para que o mesmo, em seu estado endurecido, conserve as características adequadas.

O propósito da cura do concreto é impedir que a água se evapore antes da aplicação do mesmo na obra, evitando uma série de problemas decorrentes da não observância dessa ação, como veremos a seguir.

cura do concretoO que é a cura do concreto?

A cura do concreto é parte do processamento do produto final, que é o concreto rígido.

A finalidade é impedir, como já foi dito, que a água utilizada na fabricação se evapore, reduzindo a presença desse elemento na composição.

A água é essencial para a hidratação adequada do cimento, processo por meio do qual se desenvolve uma reação química, responsável pela formação dos Silicatos de Cálcio Hidratados, elementos essenciais para dotar o concreto das propriedades mecânicas e físicas.

As consequências para o descuido com a cura, com consequente evaporação de água, são muitas, a começar pelo aparecimento de fissuras e trinchas na estrutura. Além disso, o concreto perde propriedades importantes como a resistência, o que compromete significativamente o resultado da obra.

Veja Também: [ Concreto usinado: 4 cuidados importantes ]

Uma cura bem feita do concreto, por outro lado, garantirá maior vida útil à estrutura e melhor aparência às peças, o que deve ser levado em consideração, haja vista alguns projetos em que o concreto fica aparente.

Como fazer a cura do concreto

Já sabemos que a cura do concreto é o processo pelo qual é preservada a proporção de água na composição do mesmo.

Vamos saber agora como fazer a cura por meio de quatro métodos. A escolha do melhor método depende de alguns aspectos a serem considerados, como o tipo de projeto, os recursos disponíveis, a velocidade e os prazos.

1 – Cura úmida

Se o seu projeto é algo simples, a cura úmida é um meio suficiente para alcançar o resultado adequado.

Consiste na aspersão de água sobre o material, o que mantém úmida a superfície do mesmo.

 

2 – Cura química

Consiste na aplicação de um material químico sobre a superfície do concreto, composta por ceras, parafina ou materiais acrílicos.

 

3 – Cura térmica

Esse é um processo industrial, bastante adequado para casos em que haja pressão por produção em larga escala, pois acelera o processo.

Na cura térmica, o material é submetido a ciclos de altas temperaturas e resfriamento, que aceleram o endurecimento do concreto.

É bastante adequado para o processamento de pré-fabricados ou pré-moldados de concreto.

 

4 – Cura a vapor

A cura do concreto a vapor também é recomendada para grandes obras abastecidas por processos industriais.

Ao mesmo tempo em que preserva a umidade, acelera o endurecimento do concreto, sendo, por isso, considerada a melhor solução de cura existente.

 

Fazendo a cura na sua obra

Nem sempre, é evidente, estamos falando de grandes projetos. Você pode estar lendo esse artigo porque busca dicas para colocar a mão na massa e obter o melhor resultado.

No caso de uma pequena obra, o sistema a ser adotado é a cura úmida. Como já sabemos, consiste em molhar o cimento, evitando que sua superfície fique seca durante o processo de ganho de solidez e resistência.

Além disso, a instrução é cobrir a estrutura com lonas ou mantas. Essa providência projete o material do sol, evitando a aceleração da evaporação da água. Você pode, também, deixar as formas na estrutura por um período maior, o que ajuda a manter a umidade, e, ainda por serragem ou areia sobre a superfície do concreto.

Para esse tipo de obra, o tempo de cura é de aproximadamente uma semana, mas é necessário, para ter o melhor resultado, se aprofundar em outras informações relevantes relacionadas às características do projeto e do próprio cimento aplicado. Quanto maior a proporção de água, maior é o tempo de cura do cimento.

Esperamos ter contribuído para seus conhecimentos sobre o tema.

Outras Publicações

×