Desmama de bezerros: as melhores práticas

Desmama de bezerros: as melhores práticas

Quando deve ocorrer a desmama de bezerros? Qual a melhor forma de separar o filhote da mãe sem deixar os animais estressados? Desmamar bezerros é um processo que deve ser bem planejado e monitorado para evitar prejuízos aos negócios em consequência da baixa produtividade do rebanho.

O bezerro pode ser desmamado a partir do sexto mês de vida. Eventualmente, alguns filhotes mamam até os 8 meses. O peso do bezerro é outro fator a ser considerado: quando o animal está com aproximadamente 60 kg, está pronto para se alimentar com a forragem sólida, como os animais adultos.

À primeira vista, a passagem da lactação para a ruminação parece simples e natural. No entanto, sem o manejo adequado, o desmame de bezerros pode deixar estressados os filhotes e a mãe, acostumados a viver juntos. Separar o filhote e mãe de forma abrupta pode prejudicar o desenvolvimento do bezerro, deixando-o mais suscetível a doenças, uma vez que o estresse enfraquece o sistema imunológico. Distante da cria, a mãe pode deixar de se alimentar e descansar adequadamente, o que resulta em perda de peso e, ocasionalmente, outros problemas de saúde.

Então, qual a melhor forma de desmamar o bezerro, sem causar estresse nem prejuízos ao desenvolvimento?

desmama de bezerros1.Mãe e filhote separados por uma cerca

Estudos comprovam que manter os animais separados por uma cerca é uma forma mais tranquila de desmama de bezerros. Mãe e filhote ficam no mesmo recinto, porém, separados por uma cerca. Ambos podem compartilhar os cochos de comida e água, mantendo apenas o contato visual. O estudo mostrou que, nesse sistema, o bezerro fica mais calmo e mantém o desenvolvimento normal, com ganho de peso. Após uma semana, o filhote já terá aprendido a viver sem o leite e a proximidade com a mãe.

2.Dois estágios de separação na desmama de bezerro

Outra opção é desmamar o bezerro em duas etapas. Primeiro, é necessário usar algum acessório que impeça o bezerro de mamar. Para rebanhos maiores, esse tipo de manejo é mais trabalhoso, porém, os resultados são mais positivos em relação à separação abrupta do filhote e da mãe. Depois de alguns dias, quando o bezerro já estiver acostumado a viver sem o leite da mãe, ambos devem ser separados. A desmama de bezerros em dois estágios reduz muito o estresse e vocalização.

3.Desmama de bezerros controlada e nova dieta para a mãe

Esse método também é gradual. O bezerro pode mamar duas vezes ao dia. No tempo em que permanece separado da mãe, ele deve ter acesso à ração e ao pasto verde. Com esse afastamento gradativo, o bezerro logo aprende a viver com independência, pastando como os outros animais. Além disso, é importante alterar a alimentação da mãe para reduzir a produção de leite. Uma dieta com feno e pastos magros, por exemplo, pode secar o leite rapidamente.

3.Pastagem pré desmame

Colocar os animais em uma área de pastagem, algumas vezes por semana, é uma maneira de estimular o bezerro a buscar outra fonte de alimentação e acostumar-se ao ambiente natural. Mas é importante que a área esteja bem cercada, com áreas de abrigo contra chuvas e ventos ou outras condições desfavoráveis aos animais.

Leia também:[ CARINHO NO MANEJO DE BEZERROS LEITEIROS: É POSSÍVEL?l ]

Como a saúde do bezerro ainda é frágil, todo cuidado é pouco para evitar contaminações. Por esta razão, a área de pastagem deve estar isenta de sujeira e do convívio com outros animais adultos e/ou doentes. Quando o bezerro estiver familiarizado com o novo ambiente, é possível separá-lo da mãe, sem estresse. O contato visual pode ser mantido, porém, sem amamentação.

Outros cuidados com bezerro

Além de escolher o melhor tipo de manejo para a desmama de bezerros, é importante tomar outras providências para garantir a salubridade dos currais e a saúde dos animais. As instalações ocupadas pelo rebanho devem ter abrigos contra as intempéries e ventanias. Mudanças climáticas também deixam os animais estressados. Diariamente, é preciso acompanhar o comportamento dos bezerros para detectar sintomas de doenças. A aplicação de medicamentos (vacinas, vermífugos) e a castração devem ocorrer, pelo menos, 30 dias antes da desmama.

Caso seja necessário transportar os animais desmamados para outras áreas da fazenda ou para instalações de compradores, o ideal é respeitar um intervalo mínimo de duas semanas, após a desmama de bezerros, ou fazer o traslado com o menor impacto possível.

As informações foram úteis para você? Deixe um comentário e compartilhe o post!

 

Outras Publicações

×