O que é Pavimentação Intertravada?

A Pavimentação Intertravada é uma das formas mais utilizadas hoje para a construção de calçadas, praças e até mesmo espaços internos como estacionamentos ou garagens, onde se tenha uma grande circulação de pessoas ou de automóveis. Pouca gente sabe, mas esse tipo de pavimento, ou seja, intertravado, já vem de muitos anos atrás, tendo sua origem nos pavimentos revestidos de pedra utilizados na época dos romanos.

É claro que, desde aquela época, as peças de pavimento passaram por longos processos de adaptações e modificações, até chegar ao formato de concreto pré-moldado que se conhece hoje.

Dessa forma, a pavimentação intertravada se refere ao pavimento que é feito com peças de concreto. O grande destaque é que essas peças devem se encaixar e travar entre si, apenas com o atrito entre uma peça e outra, ou um bloco e outro, como são chamados. Para que isso funcione, é preciso também que o assentamento seja feito sobre uma camada de pó de pedra ou sobre uma camada de areia, que é o modo mais utilizado.

pavimentação intertravada

Por que o nome intertravada?

A pavimentação intertravada tem esse nome justamente pela capacidade de intertravamento entre uma peça e outra, impossibilitando que elas possam se locomover depois de devidamente assentadas. Quando se fala em intertravamento, é importante destacar que essa capacidade deve ser garantida tanto nos movimentos horizontal, vertical e ainda, de rotação de cada peça em relação às peças que estão posicionadas ao lado. Quanto maior for o intertravamento, melhor é o desempenho e maior é a durabilidade do pavimento.

Como garantir o intertravamento no pavimento?

A pavimentação intertravada é garantida através de duas condições básicas e essenciais, são elas: a areia de selagem e a contenção lateral.

A areia de selagem divide o peso das cargas entre os blocos, tornando-os mais resistentes às pressões que serão submetidos e a contenção lateral, como já foi dito, é fundamental para garantir o intertravamento, impossibilitando que os blocos possam se movimentar e acabar prejudicando a eficácia do pavimento.

Formatos de pavimentação intertravada

Outra vantagem e atrativo da pavimentação intertravada é a grande possibilidade de acabamentos. As peças de concreto existem em diferentes formatos que permitem a criação de desenhos diferentes no assentamento. Além dos diferentes formatos, é possível encontrar também blocos de concretos de diferentes cores, permitindo um visual ainda mais atraente para o pavimento.

Calçadas acessíveis

A pavimentação intertravada é bastante utilizada em construções públicas, onde é garantido por lei condições para que todas as pessoas possam circular tranquilamente. Esse tipo de pavimento permite o acesso de pessoas com mobilidade reduzida, como pessoas com deficiência visual ou física.

Veja Também: [ DICAS PARA QUEM VAI CONSTRUIR COM PISO INTERTRAVADO RETANGULAR DE CONCRETO ]

É importante que para a construção dessas calçadas, se tenha uma atenção maior às leis municipais, de modo a assegurar que todas as normas sejam seguidas criteriosamente.

Como executar uma pavimentação intertravada

A pavimentação intertravada não é extremamente difícil e nem requer muitos equipamentos específicos. No entanto, os cuidados básicos de toda obra, como sinalização e equipamentos de segurança individual devem ser utilizados durante todo o processo de assentamento.

Manutenção

Para garantir maior durabilidade ao pavimento intertravado, a manutenção deve ser feita periodicamente e da maneira correta. Não é recomendado, por exemplo, o uso de mangueiras ou esguichos de água. A limpeza deve ser feita apenas com escova de cerdas firmes e de plástico.

A manutenção desse tipo de pavimento deve ser feita de maneira preventiva, isto é, de modo a prevenir estragos, e também de maneira corretiva, quando alguma peça precisar ser substituída, por exemplo.

Outras Publicações

×