Porcelanato ou piso vinílico?

O porcelanato é um revestimento cerâmico feito de argila, feldspato, quartzo, kaolin, mica e pigmentos. 

A argila do porcelanato é sua matéria-prima e o que lhe dá sua principal estrutura. O feldspato mantém sua estabilidade no momento da queima e é o que lhe dá a transparência e a cor dos pigmentos. O quartzo aumenta a resistência mecânica da peça. O Kaolin dá brilho e translucidez para o porcelanato e Mica concede aquele aspecto de espelho que reflete os móveis e o ambiente em geral. 

Depois da mistura, o porcelanato passa pelo processo de queima para adquirir suas 2 principais características: a alta resistência e a impermeabilidade (inferior a 0,5%). 

O piso vinílico também é um tipo de revestimento só que é feito de PVC (policloreto de vinila). 

E a principal diferença do piso vinílico para o porcelanato é a resistência dos materiais. A resistência do piso vinílico para o porcelanato é bem menor. 

Porém, ele é mais barato e fácil de instalar do que o porcelanato.

Onde instalar:

Na hora de escolher um ou outro é preciso saber onde instalar primeiro. Alguns lugares são mais vantajosos para o porcelanato e outros, o piso vinílico.

O porcelanato é ideal para ser instalado em cozinhas, banheiros, corredores com tráfego elevado, piscinas e áreas de lazer. Levando em consideração o alto tráfego de pessoas.

Os diferentes tipos de porcelanato e qual o ideal para seu ambiente

O piso vinílico se porta muito bem ao ser instalado em quartos, salas de estar, cozinhas e escritórios. Levando em consideração o baixo tráfego de pessoas.

Como instalar:

O porcelanato é instalado da seguinte maneira:

1- Antes de instalar o porcelanato é necessário preparar o contrapiso. Isso só é permitido com a limpeza do ambiente, a remoção de qualquer revestimento antigo, o nivelamento do solo e a aplicação do cimento que vai levar o revestimento por cima.

2- Depois se aplica a argamassa, que deve ser misturada em uma bacia limpa e seca e espalhada no chão com o auxílio de uma desempenadeira. 

3- Depois o porcelanato é colocado com cuidado e assentado com o auxílio de ferramentas e produtos, como: espaçador, selante, rejunte.

O piso vinílico pode ser instalado com duas técnicas:

1- Piso vinílico clicado: é instalado com um sistema de encaixe “clicado”. Não usa colas ou pregos e é comparado a um quebra-cabeças. Esse tipo de instalação é vantajoso porque as peças podem depois ser retiradas e levadas para outro lugar. 

2- Piso vinílico colado: ele é diferente do anterior pois precisa de material colante. Geralmente é mais resistente a se curvar e mover, mas menos resistente à infiltração, já que a água pode entrar pelas frestas e amolecer a cola e consequente faz com as peças se movam. 

Quais as vantagens:

A maior e mais conhecida vantagem do porcelanato é a sua resistência. Por ser fabricado pelo processo de queima a altas temperaturas, ele possui grande resistência a abrasão e impacto. Isso o torna uma opção adequada para espaços com alto tráfego de pessoas. A segunda vantagem desse tipo de revestimento é a sua facilidade de limpeza e sua impermeabilidade. A terceira vantagem principal é a sua imensa variedade de materiais com que é fabricado, podendo imitar os mais variados tipos de materiais. 

As três maiores do piso vinílico são as seguintes: flexibilidade, economia e conforto. O material do piso vinílico permite maior maleabilidade na sua instalação e seu preço é consideravelmente mais em conta. O piso vinílico também é mais confortável para os pés e ainda possui a vantagem de ser antialérgico.  

 

Outras Publicações

×